O QUE UM ENGENHEIRO CIVIL FAZ REALMENTE?

engenharia-civilVocê está em dúvida sobre qual curso superior fazer? Ou está prestes a entrar na faculdade de Engenharia Civil? Ou, ainda, está cursando e quer descobrir mais sobre ela? Esse post vai te mostrar quais as áreas de atuação de um Engenheiro Civil e te convencer a seguir essa carreira espetacular!

Claro, se você tem afinidade com os números e habilidades nas ciências exatas já está a um passo a frente. Porém, não é só isso que te fará escolher o curso de Engenharia: segurança, objetividade, racionalidade e ética são qualidades para quem quer seguir a área.

A graduação em Engenharia Civil é uma das mais tradicionais do Brasil, estando sempre entre as mais procuradas do país. Foram quase 50 mil inscrições no SiSU 2018/1, sistema que ofereceu cerca de 2 mil vagas nesse semestre. Isso indica uma necessidade de se preparar mais para os vestibulares, porém é o que te ajudará num futuro próximo: a dedicação é outra característica de quem quer cursar e trabalhar na área.

Entretanto, o objetivo desse artigo é apresentar a gama de atividades que um Engenheiro Civil pode exercer. Vamos separá-las em áreas de atuação, onde encontraremos exercícios relacionados:

Construção Civil

construção-civil

Construção Civil

O Engenheiro que trabalha nessa área se responsabiliza por todas as etapas de uma obra: planejamento (projetos e determinação de serviços preliminares), especificação (de materiais e componentes), execução (mão de obra, maquinário e segurança) e manutenção (conservação e reparo). Isso tudo sob o aspecto mais eficiente possível – visando qualidade, rapidez e custo minimizado – o que é uma preocupação de todo profissional de Engenharia.

            No curso de graduação serão conhecidos as técnicas de desenho e projeto, estudos sobre os diversos materiais de construção, a sequência de execução de uma obra e meios de se manter a vida útil da construção.

            O gerenciamento de uma obra é essencial para o sucesso da mesma. Um Engenheiro que escolhe a área de Construção Civil deve ter a consciência da grande responsabilidade que é comandar uma obra de Engenharia.

Estruturas

estrutural

Projeto Estrutural

O Engenheiro Estrutural é o responsável pela análise e pelo projeto de estruturas que devem suportar/resistir às cargas solicitadas pelos componentes da construção. Esse profissional deve saber a finalidade da construção para calcular os esforços que serão solicitados à estrutura, a qual a sustentará.

            Na graduação o aluno aprenderá a analisar tais estruturas (estudar, individualmente, cada elemento de uma estrutura: lajes, vigas, pilares e fundações) bem como a variedade de materiais que elas podem ser feitas: concreto armado, concreto protendido, metálica, de madeira, entre outras.

            Uma estrutura bem projetada – e bem executada – é essencial para a segurança e qualidade de qualquer obra de Engenharia. Daí observa-se que essa área também exige grande responsabilidade do profissional.

Geotecnia

geotecnia

Obras Geotécnicas

Já a Engenharia Geotécnica estuda o comportamento dos solos, os quais são a base de qualquer construção. Essa área vê o solo como um material de construção e, diferente dos outros materiais, ele não possui uma constância em sua composição e estrutura. Daí a importância da realização de sondagens e estudos geotécnicos diferentes a cada obra inicializada, descobrindo suas características físicas, químicas e mecânicas.

            A Geotecnia se divide em Geologia de Engenharia, Mecânica dos Solos e Mecânica das Rochas – a última é estudada somente nas pós-graduações. No curso, o graduando aprende a estrutura e a composição do solo, o que permite estudar sua resistência às solicitações que ele sofre. Também vê as obras de Engenharia que envolvem o solo: as Obras de Terra. Entre elas podem-se citar: aterros, barragens, túneis, contenção de taludes, entre outros.

            Percebe-se que a Geotecnia é essencial para todos os tipos de obras e, com isso, destaca-se a responsabilidade de um Engenheiro Geotécnico.

Hidráulica e Saneamento

hidraulica

Instalações Hidrossanitárias

Este é o ramo da Engenharia que estuda o fluxo e o transporte de fluidos, principalmente de água e esgoto. O Engenheiro se responsabiliza pelo estudo, dimensionamento e projeto de água fria, água quente, esgoto, irrigação e drenagem, tanto de residências, como de cidades inteiras. Algumas obras estão relacionadas a essa área, tais como: canais, barragens, usinas hidrelétricas, etc.

            Na graduação o estudo é baseado na Mecânica dos Fluidos e direcionado para o conhecimento desde os afluentes, a coleta e a distribuição de água até o tratamento nas ETA’s e ETE’s. As instalações hidrossanitárias são as principais aplicadas na Engenharia Civil.

            Sabendo-se que a água e o saneamento são essenciais para a manutenção da vida do ser humano, essa especialização também é destacada por tamanha responsabilidade dos profissionais envolvidos.

Instalações Elétricas

eletrica

Instalações Elétricas

Apesar de existirem os Engenheiros Eletricistas, uma das atribuições do Engenheiro Civil é poder dimensionar e projetar Instalações Elétricas Prediais. Estas, porém, tem algumas limitações: instalações residenciais e comerciais de baixa tensão, com limite de 75 kW de potência – já é suficiente para uma casa, por exemplo.

            No curso, o Engenheiro Civil aprende conceitos de Eletricidade, os quais aplica no dimensionamento e projeto de Instalações Elétricas, a partir do padrão de entrada. A responsabilidade é alta também, visto que um erro de projeto prejudicaria o usuário, tanto no conforto, como no financeiro.

Transportes

transportes

Sistemas de Transporte

A Engenharia de Transportes é o ramo que projeta, executa, gere e opera as redes de transporte e infraestrutura, das quais podemos citar: rodovias, ferrovias, hidrovias, portos e aeroportos.

            Com muita ligação à área de Geotecnia, as academias baseiam seus estudos nas disciplinas em comum a essa especialização e à Topografia – ciência que estuda os acidentes geográficos de um terreno ou uma região (não que as outras áreas não a utilizem).  Frisa o projeto dos sistemas de locomoção terrestres e aquáticos, e apresenta formas de gerir e operar os mesmos. Como todas as especializações acima, essa também exige responsabilidade do Engenheiro por se tratar da infraestrutura de cidades ou conexão entre elas.

CURIOSIDADE

Com o aumento da tecnologia nas últimas décadas, o trabalho do Engenheiro Civil vem sido facilitado através da modelagem computacional e do uso de softwares. O concílio com a Engenharia Computacional e a Mecânica Aplicada foi primordial para vários avanços, resolvendo problemas que antes eram mais complexos ou, até mesmo, não eram resolvidos. Podem-se destacar alguns deles: AutoCAD, Revit, MS Project, TQS, Ftool, MATLAB, SoFA, Geo5,GeoFast, HECSSP, OpenFOAM, PTV Vistro, Timetrain, etc.

software

Desenho em AutoCAD

Enfim, esse foi um resumo da vasta área de Engenharia Civil, mostrando as principais atividades desse profissional. Esperamos que esse post tenha esclarecido suas dúvidas e intensificado seu desejo de entrar nessa “arte de resolver problemas”!

FONTES: Engenharia Civil UFJFGuia do Estudante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s