Uma nova visão de Universidade

Vivemos em um país no qual muitas pessoas não se sentem satisfeitas com o ensino, desde o básico até o avançado. Dentro da graduação, por exemplo, é comum nos depararmos com estudantes se queixando da metodologia adotada pela maioria dos professores: o famoso “cuspe e giz”. Nesse modelo, o aprendizado é realizado de forma passiva e o sistema é visto como: o professor é detentor de todo o conhecimento e, ao se colocar à frente dos alunos, é capaz de transmiti-lo a eles. Estes, por sua vez, por se sentirem inferiores, não ficam à vontade para participar das aulas e apenas escutam, durante horas, aquilo que conseguiriam aprender até mesmo sozinhos. Desmotivados, muito universitários acabam abandonando o curso. Os que perduram, mesmo que frustrados, tornam-se profissionais atuantes na área ou seguem a carreira acadêmica: novamente o ciclo recomeça.

1

Figura 1: método de ensino tradicional

            Mas, para a nossa alegria, os tempos evoluem e algumas pessoas lutam para melhorar nossa sociedade, o que inclui nossas salas de aula – ou a falta delas… Falta delas? SIM! Em setembro de 2014 a Universidade Minerva abriu suas portas em São Francisco, nos Estados Unidos. O nome faz referência à deusa romana da sabedoria, e seu objetivo é justamente adequar-se melhor aos tempos atuais. Mas você deve estar se perguntando: se a ideia era não ter salas de aula, como a universidade “abriu suas portas”? Pois bem, a cidade é contemplada apenas com a sede administrativa e a residência estudantil dos 29 alunos, vindos de diferentes países do mundo. As aulas, por sua vez, são todas online, acessadas através de uma plataforma exclusiva, com horário marcado e professor em tempo real. O conteúdo? É outro diferencial: para assistir a uma aula, o aluno deve ter se preparado, anteriormente, por cerca de cinco horas. Assim, quando as aulas se iniciam, é feito um debate (guiado pelo professor) acerca do tema e os estudantes expõem suas ideias – cada um deve falar pelo menos duas vezes a cada encontro. É aí que eles são avaliados! Na Minerva, o aluno recebe nota não só pelo o que argumentou nas discussões, mas também pela maneira como se expressou. Bem melhor do que as temerosas provas de final de período, não?!

Apesar de não se encontrarem na faculdade, o convívio acontece na residência estudantil. Lá, os ingressantes aprendem a conviver com as diferenças, o que os proporciona uma oportunidade única de permuta cultural de comunicação e compreensão. Outra característica fomenta esse intercâmbio: a universidade é uma espécie de campus itinerante, então durante os quatro anos de graduação os alunos estudam em diversos países e, como consequência, aprendem com a diversidade cultural, constroem um networking global e conhecem a realidade socioeconômica dos lugares onde passam.

2

Figura 2: representação esquemática do ensino na Universidade

            Agora me diz, parece ou não parece uma universidade dos sonhos? Mas calma, não se desmotive por não estar matriculado nela, pelo contrário, tome-a como modelo e faça por onde valer sua graduação. Por mais que você não conviva com estudantes de outros países, aposto que nem todos são da mesma cidade que a sua, e como o Brasil é um país de diversidade cultural expressiva, isso pode significar uma troca de conhecimentos enorme! Além disso, mudanças não ocorrem do dia pra noite, e conosco não seria diferente. A responsabilidade de mudar, evoluir e quebrar tabus e paradigmas é nossa, atuais universitários, por isso, cabe a nós garantir aos futuros ingressantes um aprendizado melhor e mais dinâmico, no qual os alunos não sejam meros personagens passivos, mas que tenham voz ativa e promovam a cada dia um ensino de qualidade.

3

Figura 3: Guilherme Nazareth de Souza, único brasileiro aprovado na turma inaugural da Universidade Minerva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s