Pesquisadores estudam tecnologia mais eficiente para reparo de pavimentos rodoviários

Investigadores do Instituto de Recursos Naturais da Universidade de Minnesota Duluth (UMD) estão procurando novas formas de reparo de degradações locais em pavimentos rodoviários betuminosos, conseguindo obter remendos mais eficientes e duradouros, além da maior facilidade e velocidade na aplicação. Os engenheiros … Continuar lendo

Universidade do Colorado em Boulder

Por Luciano Souza Junior

 

Universidade

A Universidade do Colorado teve como pioneiro o campus de Boulder, e hoje conta com mais 3 campi espalhados pelo estado (Colorado Springs, Denver e Anschutz Medical Campus). Sendo pioneiro, o campus de Boulder, é o principal do sistema e conta hoje com 32 mil estudantes e 1100 professores, divididos em 9 unidades e 150 cursos (majors and minors). Localizado próximo da base das Flatirons Mountains, o campus é considerado um dos mais bonitos do país pela natureza exuberante que o cerca e o estilo arquitetônico característico que remete à geologia da região.

VIsta do Campus com as Flatirons Mountains ao fundo

Vista do Campus com as Flatirons Mountains ao fundo

 

Qualidade da Educação

Atualmente a Universidade do Colorado é reconhecida nacionalmente e internacionalmente principalmente pelos seus programas de Engenharia Civil, Ambiental e Aeroespacial, além dos conhecidos programas de Ecologia e Biologia Evolucionária, Geologia e Física. Em questão de ranking, o programa de Engenharia Civil está ranqueado como o 15º melhor do país e está entre os 50 melhores do mundo. O programa de Aeroespacial está entre os 10 melhores do país e já formou mais de 20 astronautas. Além disso, a Universidade conta com 4 agraciados com um Nobel em seu corpo docente

Além de uma excelente estrutura e professores renomados, o apoio que a Universidade oferece ao aluno é excepcional. São diversas feiras de carreiras onde representantes de grandes empresas estão a todo momento em contato com os alunos em busca de novos talentos. Os departamentos se preocupam muito em como os alunos vão se portar em entrevistas e por isso oferecem orientação constante a quem procura ajuda para fatores cruciais na busca de um novo emprego, como por exemplo, confecção de currículos.

Por esse ser um blog de Engenharia Civil, o foco desse artigo será  o curso de Engenharia Civil, destacando um pouco de como o curso é dividido, a estrutura e um pouco sobre as diferenças com o que é visto do Brasil na visão de um aluno de graduação.

O curso de Engenharia Civil

Como dito anteriormente, o Departamento de Engenharia Civil e Ambiental é reconhecido como um dos melhores disponíveis em todo o país. Como todo curso de Graduação em Engenharia Civil, ele é dividido em grandes áreas de concentração, sendo elas: Construction Engineering and Management, Environmental Engineering, Geotechnical Engineering, Structural Engineering e Water Resources Engineering.

O currículo segue o padrão nacional e está certificado pela ABET. Nos 4 primeiros períodos os alunos tem contato com as famosas disciplinas básicas de qualquer engenharia, como cálculo e física, além de contar com disciplinas específicas da Engenharia Civil que vão introduzindo os conceitos básicos de projeto e liderança. A grande diferença para o que é visto no Brasil começa no 3º ano. Os alunos tem 1 ano de disciplinas comuns a qualquer curso de Engenharia Civil, como Análise Estrutural, Mecânica dos Solos, Mecânica dos Fluidos e Hidráulica, e no 4º e ultimo ano, os alunos são livres para escolher dentro de uma lista de matérias eletivas, aquelas que mais os interessem. Podem inclusive escolher matérias de mestrado e doutorado.

A didática também é extremamente diferente. É possível sentir um cuidado maior com o aprendizado onde as notas são apenas uma consequência daquilo que foi aprendido dentro de sala de aula. Normalmente, grande parte das notas de qualquer disciplina é dividida entre tarefas e projetos. Para disciplinas mais avançadas, a parte destinada a tarefas pode chegas aos 60% da nota final. Uma frase que é consenso entre os intercambistas brasileiros aqui é: “ No Brasil você começa o semestre reprovado e tem que batalhar até o final para conseguir a aprovação. Aqui você começa com 100 e tem que aprender para se manter com a mesma nota”.

Para finalizar, a estrutura que o departamento oferece é, sem dúvida nenhuma, magnífica. Os laboratórios de ensino do Brasil não devem em nada ao que se vê por aqui . Os laboratórios de pesquisa, porém, são de uma qualidade impressionante e são muitos espalhados na ala destinada ao departamento. Os alunos de pós-graduação, que em sua maioria são internacionais, tem a sua disposição equipamentos de primeira linha (incluindo um supercomputador somente para simulações computacionais) e contam com muita verba para desenvolver sua pesquisa.

Faculdade de Engenharia

Faculdade de Engenharia

 

Adaptação

Entrando um pouco mais no lado pessoal, a adaptação é quase um pré-requisito para o sucesso acadêmico em uma experiência de intercâmbio. Mas tudo é mais fácil quando você se muda para uma cidade tão incrível como Boulder. São muitos os benefícios de se morar em Boulder. Começando com o clima de cidade pequena, mas muito próxima de uma capital de estado. Tradicionalmente conhecida como liberal, a cidade de Boulder é reduto de atletas, artistas e “entusiastas da sustentabilidade” e tem várias opções de lazer ao ar livre.

O custo de vida é um pouco alto em comparação a outras cidades do mesmo porte e isso se deve a uma recente onda migratória de pessoas de classe alta que viram na cidade perfeitas condições para  viver com qualidade de vida e com as comodidades que a vida urbana pode oferecer. São diversos os supermercados de comida orgânica, restaurantes com comidas de todos os lugares do mundo, cinemas com filmes independentes, galerias de arte e museus. A população em si é muito aberta a pessoas do mundo inteiro e sempre se mostram dispostas a ajudar.

Pearl Street Mall - um dos principais pontos turisticos da cidade

Pearl Street Mall – um dos principais pontos turísticos da cidade

 

Conclusão

Após ler o texto, improvável alguém não ter se convencido a mudar para Boulder o mais rápido possível. A qualidade de vida que a estrutura da cidade e da universidade oferecem, não se equipara a  vida em cidade grande. Estudar em Boulder é certeza de uma experiência acadêmica incrível e o desejo de voltar começa antes de mesmo de ir embora.

Centrifuga Geotécnica onde estou tendo a oportunidade de trabalhar

Centrifuga Geotécnica onde estou tendo a oportunidade de trabalhar

 

 

Ponte Sanyuan é derrubada e reconstruída em menos de 2 dias!

Acostumada a quebrar recordes na área da construção civil, China surpreende mais uma vez ao demolir e reconstruir um viaduto em Pequim em apenas 43 horas. O tempo é surpreendente mesmo para nações desenvolvidas como os Estados Unidos, que demoram em média … Continuar lendo

A importância da Administração na Engenharia Civil

Quantas obras você já viu ou ouviu falar que ruíram ou que nunca foram concluídas?  Residências, prédios de apartamentos e obras públicas são as vítimas mais constantes deste mal, cada uma por suas razões, mas que, no final, se resumem a falta de planejamento, um dos principais sintomas da administração deficiente.

safe_image

O Engenheiro Civil  não pode se colocar apenas no papel de construtor ele deve ser empreendedor e saber administrar!

Gerenciar recursos humanos e materiais, cumprir prazos contratuais, atingir os níveis de qualidade estipulados por norma, ter controle financeiro, atingir as metas do cronograma da obra, estão entre outras inúmeras competências que o Engenheiro deve  ter,  todas essas competências se baseiam nos princípios da Administração que são: planejamento, organização, direção e controle, a saber:

Planejamento: consiste em definir objetivos para traçar metas. No caso da obra, definir prazos para o término de cada etapa, prever os recursos financeiros necessários, elaborar os projetos, definir fornecedores e recursos humanos, entre outros.

Three architects sitting at table and discussing paperwork

Organização: preparar processos a fim de obter os resultados planejados, algumas aplicações seriam a organização do layout do canteiro de obras para reduzir desperdícios, a elaboração do cronograma da obra e  a divisão de tarefas.

sustentabilidade-no-canteiro-de-obras-G

Direção: decisões tomadas para que os objetivos relacionados no planejamento continuem alinhados. Esse é um dos princípios mais importantes, o Engenheiro Civil deve estar preparado para tomar decisões rápidas e eficientes diante dos problemas aos quais a obra está sujeita.

principais-problemas-planejamento-obra-construcao-reforma-pedreirao (2)

Controle:  vislumbra todo o processo de planejar, organizar e direcionar, analisando se os resultados foram mesmo os almejados, aí entra o Engenheiro Civil fiscalizador, que busca prever e corrigir erros na obra e em sua execução ao longo de todo o processo.

i327641

A atuação do Engenheiro Civil na Administração de uma obra pode gerar economias de até 25% , entre essas economias estão o desperdício de materiais e mão de obra, sendo assim, é um erro contratar o Engenheiro Civil apenas para elaborar projetos e fiscalizar a construção, este deve estar presente também no gerenciamento da obra. Ou seja, o Engenheiro Civil deve ter tanto suas habilidades técnicas como administrativas aproveitadas na obra.

Fontes: PGCO, MontanheiroEngenharia, Administradores